Seis prédios vizinhos ao Wilton Paes estão interditados pela Defesa Civil

Nesta sexta, o órgão informou, por meio de nota, que nenhum dos edifícios foi condenado com o risco eminente de colapso do prédio

Os seis prédios vizinhos ao edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou na última terça-feira (1°), no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo, estão interditados pela Defesa Civil por questões de seguranças.

De acordo com informações do órgão, os edifícios interditados não possuem prazo para serem liberados. No entanto, nenhum deles foi condenado pelo órgão com o risco emininente de colapso do prédio. Uma das construções, inclusive, foi liberada para que os moradores pudessem buscar seus pertences durante esta semana.

A Defesa disse, também, que os locais seguem sendo monitorados 24 horas por dia.

A igreja, localizada na avenida Rio Branco, n° 34, foi interditada total por falta de segurança. Os prédios em frente ao local do incêndio, localizado na rua Antônio de Godói, número 8 e 26, foram interditados, mas não há risco iminente do prédio ruir. O edifício no largo do Paissandu, n° 132, por questões de segurança, foi fechado. O Caracu, na rua Antônio de Godói, 35, por sua vez, também foi fechado, também por falta de segurança — nesta sexta-feira (4), o acesso foi permitido aos moradores para a retirada de pertences pessoais.

Do R7

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.