Robôs são ‘personagens’ em documentário sobre “fake news”

Instituto Tecnologia e Equidade e Elo Company, em parceria com FGV DAPP, organizam crowdfunding para arrecadar parte dos recursos de obra que será lançada em 2019.

Crawlers, Scrapers, Chatbots e Impersonators. A população pode não conhecer esses robôs, mas eles já sabem bastante sobre o comportamento dos milhões de brasileiros com acesso às redes sociais e como os mais de 140 milhões de eleitores podem se comportar durante as Eleições 2018.

Esses quatro exemplos são apenas alguns casos de tecnologias existentes para promover “fake news” e desinformação por meio de inteligência artificial. E o IT&E (Instituto Tecnologia e Equidade) explica o funcionamento de cada um deles e as formas de combate no recém-lançado estudo “Desinformação em Eleições: Desequilíbrios causados pela tecnologia”.

Os robôs serão ‘personagens’ do documentário “Sala da Democracia”, feito em parceria com a Elo Company e a FGV DAPP. A obra de não-ficção está em fase de pré-produção e tem, como fonte de recursos, um financiamento coletivo lançado há poucos dias no Catarse.

Conhecidos também como bots, eles têm funcionalidades distintas com o poder de influenciar a opinião pública e o processo eleitoral: coleta de informações, execução de ações, criação de conteúdos e simulação do comportamento humano. No levantamento, o Instituto também explica que os robôs podem ser amigáveis, desde que forneçam informações úteis.

Um dos ambientes do documentário é a “Sala de Democracia Digital”, um espaço criado pela FGV DAPP (Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas), no Rio de Janeiro. A iniciativa, que também tem o IT&E como parceiro, irá fazer análises de polarização política no universo da internet.

Os resultados serão apresentados em tempo real para organizações e empresas estratégicas dos meios de comunicação tradicionais e independentes, agências de checagem de fatos e autoridades eleitorais.

SOBRE O IT&E:

O Instituto Tecnologia e Equidade é uma organização sem fins lucrativos que desenvolve pesquisas e projetos experimentais que contribuem para alcançar a equidade com o uso ético da tecnologia. O foco de atuação em 2018 é dividido em Eleições, Tecnologia e Democracia. O IT&E tem como diferenciais o conhecimento profundo de tecnologias da informação e comunicação; uso de metodologias inspiradas no pensamento sistêmico; defesa de princípios morais (equidade, precaução) como base do avanço tecnológico; ampla rede de contatos de pesquisadores, atores estratégicos e desenvolvedores de tecnologia.

SOBRE A ELO COMPANY:
A Elo Company é uma empresa especializada em produção e distribuição audiovisual. No mercado há 13 anos, conta com uma estrutura completa de desenvolvimento de conteúdo, curadoria, planejamento de distribuição e vendas nacionais e internacionais. São mais de 400 títulos, entre eles “O Menino e o Mundo”, “S.O.S. Mulheres Ao Mar 2” e o documentário “Espaço Além: Marina Abramovic e o Brasil”, além de títulos de importantes produtoras brasileiras, como RT Features, Paranoid e Ananã.

Assessoria

Foto:medium.com

 

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.