George Telles vice-presidente do SINDSBOR faz reunião em Ji-Paraná para esclarecer verba indenizatória dos soldados da borracha

 

Renião dos Soldado da borracha  (9)

Na manhã deste sábado (07/03) aconteceu uma reunião com o vice – presidente do SINDSBOR (Sindicato dos Soldados da Borracha) George Telles “Carioca” a reunião foi organizada pelo sindicato na Câmara Municipal em Ji-Paraná, onde foram esclarecidas todas as dúvidas para os beneficiários com os antigos soldados da borracha e familiares. De acordo com Carioca, tem o direito ao pagamento desta ação ganha, compensação salarial correspondente a R$ 25 mil os soldados da borracha que recebem sua pensão vitalícia pela previdência social, viúvas e na ausência desses dois citados, uma pessoa da família que for portadora de deficiência física.O valor total a ser pago é de R$ 289 milhões divididos para cada beneficiario.

Renião dos Soldado da borracha  (6)

Renião dos Soldado da borracha  (5)

Renião dos Soldado da borracha  (2)

Renião dos Soldado da borracha  (7)

Na época, esses trabalhadores foram recrutados durante a Segunda Guerra Mundial para produzir látex natural na Amazônia, a fim de abastecer a indústria bélica dos Estados Unidos.De acordo com o vice-presidente que durante treze anos a PEC dos soldados da borracha, foi esquecida no congresso, foi preciso a nova diretoria reunir uma comitiva do próprio sindicato até a Corte Interamericana dos Diretos Humanos em Washington-EUA, onde foi feita a denúncia do descaso da classe contra o governo brasileiro. Segundo o vice-presidente George tramita outra ação no “Tribunal Regional Federal”, que corresponde a violação de direitos humanos e trabalho de escravidão da era Vargas, que dá o direito aos soldados da borracha e herdeiros a serem indenizados. Tem beneficiário que receberá de indenização em torno de um milhão de reais, isso motivará uma economia de 50 milhões ao estado.

Renião dos Soldado da borracha  (1)

Renião dos Soldado da borracha  (8)

Para o seu José João Martins de 90 anos, um dos poucos soldados da borracha, que é prova viva de um passado difícil daquela época. “Lembro-me como se fosse hoje, cheguei com 18 anos em 1943 na Amazônia, tinha 66 mil homens trabalhando nos seringais, e com a 2ª guerra mundial acontecendo, foram escolhidos 80 homens dessa marcha para Itália para lutar na guerra. Estou contente com a nova diretoria, eu também recebi os 25 mil reais, agora estamos arrumando toda a nossa documentação para receber o restante das indenização que é nosso por direito”.

Renião dos Soldado da borracha  (3)

Conforme George “O sindicato não tinha um presidente que lutasse realmente pelos direitos desses trabalhadores, além de não trabalhar da maneira correta, só de contratar um advogado que cobrava pelos honorários em torno de 25%, que pra nós é abusiva”. Carioca” afirmou que a diretoria do sindicato será incansável em defesa dos soldados da borracha e familiares, que contribuíram para o desenvolvimento do país e de um Brasil melhor.

 Na ocasião fez um agradecimento ao ex-deputado Euclides Maciel que sempre defendeu a categoria quando deputado, e que infelizmente não foi eleito e Rondônia perdeu um grande parlamentar que tanto ajudou, elogiou a vereadora Ida Fernandes que vem trabalhando em parceria com o sindicato. Participaram da reunião além do vice-presidente George Teles, os vereadores Ida Fernandes, Silvia Cristina, Márcia Regina, Silvia Cristina, Lincoln Astrê e o ex-deputado Euclides Marciel.

Fonte:jornalopainel.com.br com informações do SINDSBOR

Fotos: Weliton Nunes

2 Comentários em “George Telles vice-presidente do SINDSBOR faz reunião em Ji-Paraná para esclarecer verba indenizatória dos soldados da borracha”

  • erialdo inacio gmes escreveu em terça-feira, 11 de agosto de 2015, 19:09

    uma maravilha o que o vice presidente vem fazendo em prol da categoria e nos somos merecedores dos nossos direito o governo tem que arcar com suas responssabilidades em favor do soldado da borracha eles sao herois do brasil 

  • erialdo inacio gmes escreveu em terça-feira, 11 de agosto de 2015, 19:14

    sou filho de ex seringueiro e titular do beneficio do meu pai ja recebi os 25 mil e espero pela indenizacao por violacao de direitos humanos que de direito de todos os soldados vivos e dependentes

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.