Festival Amazônia Encena na Rua encerra programação este final de semana

A 10ª edição do Festival Amazônia Encena na Rua chega ao final neste domingo, 30 de julho na Praça das Três Caixas D´Água. O evento é uma realização do grupo rondoniense O Imaginário e tem patrocínio da Caixa, Governo Federal e apoio da Prefeitura Municipal de Porto Velho através da Semdestur.

A programação teve início na segunda-feira (25), com o cortejo de artistas saindo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré até a Praça das Três Caixas D´Água onde, desde então, ocorre o evento.

Programação diversificada

Teatro, música, performances, oficinas e rodas de conversa fazem parte da programação do Festival Amazônia Encena na Rua. O início das apresentações tem participação do Trio Agrestino (SP), que  convida o público a cair na dança do forró pé de serra. Após esse esquenta entram em cena espetáculos e performances dos grupos locais e de outros estados.

 

Ana Oliveira, faz parte do projeto Roda na Praça (AM), que se apresentou no primeiro dia da Mostra, destaca a importância do projeto no fortalecimento da cultura de teatro na rua, principalmente na Região Norte. “Poder estar aqui trocando com outros grupos do Brasil que dialogam essa linguagem da arte pública, do circo, do palhaço é enriquecedor, não tem como mensurar e principalmente essa proposta de ser Amazônia Encena na Rua, de aproximar os nortistas, é uma possibilidade riquíssima”.

Homenagem

O ator, diretor de teatro e teatrólogo brasileiro Amir Haddad (RJ), será homenageado durante a programação do Festival. ”Esse ano estamos fazendo uma homenagem ao mestre Amir Haddad que está fazendo 80 anos de arte pública no Brasil. Ele fez aniversário no Rio de Janeiro, vai fazer aqui em Porto Velho e depois no Acre. Então no dia 29 ele estará aqui e nós discutiremos arte pública na Amazônia. Nós vamos falar sobre arte pública no Brasil junto com todos os artistas que estão compondo essa Mostra.”, destaca Chicão Santos, diretor do grupo O Imaginário e idealizador do Festival Amazônia Encena na Rua.

Acessibilidade

A praça é um espaço democrático e a arte na rua possibilita que todos tenham acesso a programação. De bebês de colo a idosos todos podem participar das brincadeiras e interagir com os artistas durante os números em que o público é convidado a participar. Um momento para esquecer os problemas do cotidiano e simplesmente se entregar aos momentos de descontração.

A programação é aplaudida pelo público que está presente todas as noites na Praça das Três Caixas D´Água para assistir as apresentações. A funcionária pública

 

Assessoria

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.