DEMORA: Confusão na UPA termina com servidor e paciente presos

 

 

 

 

 

 

A paciente Juliana A. S. (19) e o servidor público José Carlos S. (53), foram presos no final da tarde desta quinta-feira (23) acusados do crime de vias de fato na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona Leste de Porto Velho.

O boletim de ocorrência relata, que a jovem foi até o local passando mal e, após demora no atendimento se dirigiu a área restrita e indagou o funcionário.  Ele teria sido mal educado e fechou a ‘porta na cara’ da jovem. Em seguida, teria proferido vários palavrões e retirado ela à força da sala. Já o servidor alega que foi agredido com tapas e ameaçado pela paciente.
Após ouvir as duas versões, uma equipe da PM deu voz de prisão aos dois, que foram levados para a Central de Flagrantes.

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.