Após ser estuprada por 7 anos, menina com deficiência visual denuncia estuprador à polícia de RO

Vítima decidiu denunciar homem após ser ameaçada de morte.

Depois de ser estuprada durante sete anos por um homem, uma adolescente de 15 anos, que tem deficiência visual, decidiu denunciar o estuprador à polícia de Porto Velho nesta terça-feira (7).

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a menina contou que desde os 8 anos de idade vem sendo estuprada por um homem de 56 anos. Os abusos ocorriam quando o homem ficava responsável por levar a menina até a escola da capital.

Diante da ameaça, segundo a polícia, a menor decidiu revelar os abusos à irmã. Conforme a polícia, a irmã contou do crime para a mãe e as duas foram até a casa do suspeito, que imediatamente fugiu.

A polícia então foi chamada e uma guarnição se deslocou até a quitinete onde o suspeito mora, no Bairro Mariana.

No local, os agentes encontraram apenas a carteira de trabalho do suspeito, mas o homem de 56 anos não foi localizado.

A menina foi levada a uma delegacia da capital e agora o caso será investigado pela Polícia Civil. Segundo a polícia, a vítima também deve passar por exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: G1 RO, Porto Velho

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.