Água ‘crua’, a mais recente (e perigosa) tendência

À primeira vista, água é água e apenas traz benefícios para a saúde… mas não é bem assim.

Água 'crua', a mais recente (e perigosa) tendência

Há mais uma tendência alimentar em voga. Trata-se de água crua, isto é, de água sem qualquer tipo de filtro ou tratamento contra bactérias ou potenciais toxinas e agentes nocivos. Água suja, portanto.

Esta nova moda alimentar tem levado alguns milionários de Sillicon Valey a pagar pequenas fortunas por garrafas de água (um litro pode custar perto de 70 euros), acreditando que é mais pura e traz benefícios para a saúde. Mas, a verdade é que acontece exatamente o contrário: Tudo o que podemos imaginar que possa causar problemas com saúde pode estar presente nesta água crua.

“Sem qualquer tratamento [na água], existem riscos agudos e crónicos”, alerta o médico Donald Hensrud, que destaca que “existem evidências em todo o mundo” dos perigos das águas contaminadas e não tratadas. “A razão para não termos isso [consequências do consumo de águas contaminadas] é porque temos um tratamento de água muito eficaz”, cita o Independent.

Vírus, parasitas, químicos cancerígenos e bactérias tipo E. coli e Salmonella são algumas das consequências mais diretas do consumo de água crua, alerta o The Washington Post.A Organização Mundial da Saúde (OMS) já alertou para o facto do consumo de água contaminada matar meio milhão de pessoas todos os anos.

POR DANIELA COSTA TEIXEIRA/Do noticiasaominuto

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.